Voltar
05/2020

Qual a melhor forma de pagamento de um imóvel?

Comprar um imóvel está entre nossos principais objetivos e sem dúvidas é uma etapa marcante por significar muito mais do que uma simples negociação. Conquistar um cantinho pra chamar de seu é um momento que influencia em uma grande mudança da vida, que resulta em maior qualidade de vida. Dessa forma, tudo que pode facilitar o acesso ao imóvel próprio merece grande atenção.

Diante desse cenário, é essencial conhecer as formas de pagamento disponíveis, para descobrir qual delas é a ideal para você. Dessa forma, você pode concretizar com maior facilidade o projeto de ter uma casa ou um apartamento próprio com a sua cara e nas condições que mais se encaixam no seu perfil.

Por que o Consórcio é a melhor forma de pagamento de um imóvel?

Na hora de comprar um imóvel é comum que surjam dúvidas relacionadas às modalidades de crédito para o pagamento desse bem. Isso porque comprar uma casa sem dúvida demanda um bom investimento financeiro, para o qual todos os aspectos devem ser cuidadosamente considerados.


O primeiro passo é entender o valor de parcela que cabe no seu orçamento. Lembrando claro que comprar um imóvel não é fácil, e que você vai precisar abrir mão de algumas coisas na sua rotina. Raramente alguém compra o imóvel com o dinheiro que "sobra" no orçamento. Você precisar fazer uma análise minuciosa das contas, fazer alguns cortes e não comprometer de jeito nenhum mais que 30% do orçamento.

Entre as modalidades de crédito estão o financiamento e o consórcio. A diferença entre os dois, basicamente é o fato de que os juros cobrados no financiamento torna as parcelas mais altas e o prazo de pagamento mais longo e, obviamente um custo final superior.

Considere que o Brasil disputa colocação entre as dez piores taxas de juros do mundo, hoje estamos em sexto lugar. Portante, acredite, não é normal pagar 3 imóveis ao banco quando você comprou apenas 1. A verdade é que isso já faz parte da nossa cultura e simplesmente não nos chocamos, mas definitivamente não é justo!

Queremos te ajudar a escolher a melhor forma de pagar um imóvel, portanto considere o: o consórcio de imóvel.

Para entender o que é um consórcio de imóvel de maneira simples, pense em um grupo de pessoas que deseja comprar um bem, neste caso um imóvel, porém nenhuma delas tem a quantia total necessária nas palmas das mãos. Ao se organizarem para contribuir mensalmente com valores iguais, esse grupo de pessoas conseguem comprar ao menos um imóvel à vista por mês!

E é aí que entram os sorteios. Para decidir quem fica com o imóvel do mês - os sorteios são feitos entre os membros do grupo. Contribuindo até o final do prazo estabelecido todos conseguem conquistar seu objetivo, uns antes outros depois. 

Esta é a explicação básica. Porém, em um consórcio vamos bem além disso. Reunindo um bom número de pessoas, temos saldo suficiente para contemplar diversas cotas e não somente por sorteio. Aqueles que têm pressa em usar o crédito podem ofertar um lance e, assim adiantar a contemplação.

Quem fica responsável por organizar e gerenciar os grupos é a administradora de consórcios, que distribui os interessados conforme o valor do crédito pretendido. (Dica: No UP Consórcios você pode contratar online e tem acesso a vários diferenciais). A administradora também é responsável por organizar as assembléias mensais, momento em que ocorrem as contemplações, via sorteio ou lance

Resumindo: ao contratar um consórcio, você passa a fazer parte de um grupo que possui um objetivo em comum, forma uma poupança coletiva, um auto-financiamento destinado à compra de um bem definido previamente. 

Juros e taxas

É provável que a característica mais marcante sobre quando falamos de consórcio, é o fato que não tem cobrança de juros. E não é difícil entender o motivo, afinal, o dinheiro das parcelas pagas pelos consorciados é usado para a aquisição de bens à vista.

Ao entrar em um financiamento as parcelas podem ser atrativas, mas não podemos jamais esquecer os prazos. A decisão no momento de escolha entre o consórcio e o financiamento deve levar em consideração não apenas o fato da parcela caber ou não no bolso. Mas sim a certeza que, em um consórcio, considerando o pior cenário (sem lance, sem adiantamento de parcelas, sem amortização com FGTS), você deverá quitar o imóvel em 15 anos.

Estando assim livre para conquistar outros objetivos. Já no financiamento, os prazos são superiores e costuma chegar ao dobro de tempo do consórcio. Mesmo com as parcelas decrescentes, você chega a pagar 200% de juros. E, é claro que quem paga juros conquista menos.

Mesmo considerando a tabela SAC (Sistema de Amortização Contínua) para financiamento de imóveis, por exemplo, onde as parcelas reduzem ao longo do prazo, os valores comparados com a taxa de administração são imbatíveis. Pois as taxas de juros cobradas na SAC são os mesmos de um financiamento comum. A única diferença aqui é que a maior parte dos juros é adiantada e cobradas antes. Como a sigla diz, a amortização é contínua, a diminuição das parcelas deve-se apenas aos juros que já foram cobrados antes

Sem pagar juros sobre o valor do crédito contratado, essa se torna uma ótima opção para quem quer fugir dos altos juros que são cobrados pelos financiamentos tradicionais! Os consorciados devem arcar somente com taxas que variam entre as administradoras administradoras, como:


  • taxa de administração: está relacionada a remuneração e aos custos da administradora com gestão do consórcio - O UP é o único consórcio que só cobra essa taxa após a contemplação;
  • seguro de vida: é o valor referente ao crédito escolhido. Imagine o valor do seu objetivo, dividido pelo prazo que escolheu pagar e livre de taxas, essa é a sua parcela no UP Consórcios, além do Seguro: de vida e de quebra de garantia - no UP Consórcios você decide se quer ou não incluir o seguro;
  • fundo de reserva: garante uma eventual inadimplência do grupo. Aqui no UP não cobramos fundo de reserva em nenhum momento do plano 
  • taxa de adesão: antecipação da taxa de administração cobrada nas primeiras parcelas do consórcio para cobrir custos de comissões. No UP Consórcios investimos em tecnologia para te oferecer o menor custo, por isso a taxa de adesão passa longe por aqui!


Ao colocar tudo no papel, o consórcio se mostra uma alternativa muito mais favorável, já que suas taxas causam um impacto muito menor nas parcelas mensais. Faça uma simulação de consórcio e confira!

Nível de burocracia

O consórcio se destaca como uma excelente alternativa quando a burocracia é colocada em jogo. Além dos juros altos a burocracia envolvida em um processo de financiamento é outro motivo pelo qual muitas pessoas fogem dos bancos. A adesão do consórcio é muito mais simples e suas exigências são menos rígidas.

A análise de crédito no consórcio é mais flexível, facilitando assim a vida de quem não tem como comprovar uma renda fixa - os trabalhadores autônomos são os melhores exemplos disso. Certos casos tornam possível aderir a um plano de consórcio mesmo com restrição de crédito. Porém, a situação precisará estar regularizada para o recebimento da carta de crédito, o que demanda um bom planejamento por parte do interessado.

Possibilidades de contemplação

Uma das possibilidades de ser contemplado em um consórcio é por meio dos sorteios. Realizados durante as assembleias mensais, esse processo proporciona chances iguais a todos os participantes que estejam com os pagamentos em dia. 

Outra alternativa, que possibilita antecipar a contemplação é ofertar um lance. Saiba que a quantidade de cotas contempladas via lance depende da administradora e da quantidade de participantes do grupo saldo disponível no grupo.

Conforme os meses passam, as chances de ser contemplado por lance e sorteio sempre aumentam., Isso ocorre porque os participantes que já receberam a carta de crédito não concorrem mais às contemplações. 

Grande parte dos financiamentos exige um valor de entrada e, para poupar este valor, precisamos de disciplina. Sendo assim, seja qual for a modalidade de crédito escolhida, consórcio ou financiamento, temos que organizar nosso orçamento e ter paciência. Para quem já guardou o suficiente para entrar em um financiamento de imediato, o consórcio é uma excelente opção, pois você pode ofertar um lance logo na primeira assembleia.

Não se esqueça que, ao ser contemplado e adquirir seu imóvel, você deve continuar pagando as parcelas do consórcio normalmente. Somado a isso, caso compre logo a casa que sempre quis ter, passa a ter novas despesas relativas ao imóvel. Dessa forma, um bom planejamento financeiro se torna indispensável!

UP Consórcios, consórcio digital para suas conquistas

O UP Consórcios é uma fintech da Embracon que ajuda as pessoas a atingirem seus objetivos com planejamento financeiro. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. 

Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, com as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança. 

Com o UP Consórcio você pode adquirir bens (carros e imóveis) e serviços (festas, viagens, cursos, reformas, estética, entre outros), com planos de 20 a 180 parcelas. A fintech é administrada pela Embracon, que é fiscalizada e regulamentada pelo Banco Central. 

No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação.

Aproveite essas dicas e faça escolher assertivas! Boa sorte! Até mais!

Simule seu consórcio agora mesmo!

Simule agora

Outras matérias relacionadas

08/2020

Planejamento Financeiro: descubra como montar o seu

Você já tentou fazer um planejamento financeiro? Certamente já tenha tentado algumas vezes, mas acabou deixando de lado. Acesse e saiba como fazer o seu!

03/2020

O que é Consórcio: Tudo o que você precisa saber

Acesse e saiba O que é um Consórcio e como o UP se Destaca dos Demais!

01/2020

Entenda o que é Alienação Fiduciária no consórcio

Saiba como o recurso traz segurança ao consorciado e à administradora.

Qual a melhor forma de pagamento de um imóvel?

Qual a melhor forma de pagamento de um imóvel?

Comprar um imóvel está entre nossos principais objetivos e sem dúvidas é uma etapa marcante por significar muito mais do que uma simples negociação. Conquistar um cantinho pra chamar de seu é um momento que influencia em uma grande mudança da vida, que resulta em maior qualidade de vida. Dessa forma, tudo que pode facilitar o acesso ao imóvel próprio merece grande atenção.

Diante desse cenário, é essencial conhecer as formas de pagamento disponíveis, para descobrir qual delas é a ideal para você. Dessa forma, você pode concretizar com maior facilidade o projeto de ter uma casa ou um apartamento próprio com a sua cara e nas condições que mais se encaixam no seu perfil.

Por que o Consórcio é a melhor forma de pagamento de um imóvel?

Na hora de comprar um imóvel é comum que surjam dúvidas relacionadas às modalidades de crédito para o pagamento desse bem. Isso porque comprar uma casa sem dúvida demanda um bom investimento financeiro, para o qual todos os aspectos devem ser cuidadosamente considerados.


O primeiro passo é entender o valor de parcela que cabe no seu orçamento. Lembrando claro que comprar um imóvel não é fácil, e que você vai precisar abrir mão de algumas coisas na sua rotina. Raramente alguém compra o imóvel com o dinheiro que "sobra" no orçamento. Você precisar fazer uma análise minuciosa das contas, fazer alguns cortes e não comprometer de jeito nenhum mais que 30% do orçamento.

Entre as modalidades de crédito estão o financiamento e o consórcio. A diferença entre os dois, basicamente é o fato de que os juros cobrados no financiamento torna as parcelas mais altas e o prazo de pagamento mais longo e, obviamente um custo final superior.

Considere que o Brasil disputa colocação entre as dez piores taxas de juros do mundo, hoje estamos em sexto lugar. Portante, acredite, não é normal pagar 3 imóveis ao banco quando você comprou apenas 1. A verdade é que isso já faz parte da nossa cultura e simplesmente não nos chocamos, mas definitivamente não é justo!

Queremos te ajudar a escolher a melhor forma de pagar um imóvel, portanto considere o: o consórcio de imóvel.

Para entender o que é um consórcio de imóvel de maneira simples, pense em um grupo de pessoas que deseja comprar um bem, neste caso um imóvel, porém nenhuma delas tem a quantia total necessária nas palmas das mãos. Ao se organizarem para contribuir mensalmente com valores iguais, esse grupo de pessoas conseguem comprar ao menos um imóvel à vista por mês!

E é aí que entram os sorteios. Para decidir quem fica com o imóvel do mês - os sorteios são feitos entre os membros do grupo. Contribuindo até o final do prazo estabelecido todos conseguem conquistar seu objetivo, uns antes outros depois. 

Esta é a explicação básica. Porém, em um consórcio vamos bem além disso. Reunindo um bom número de pessoas, temos saldo suficiente para contemplar diversas cotas e não somente por sorteio. Aqueles que têm pressa em usar o crédito podem ofertar um lance e, assim adiantar a contemplação.

Quem fica responsável por organizar e gerenciar os grupos é a administradora de consórcios, que distribui os interessados conforme o valor do crédito pretendido. (Dica: No UP Consórcios você pode contratar online e tem acesso a vários diferenciais). A administradora também é responsável por organizar as assembléias mensais, momento em que ocorrem as contemplações, via sorteio ou lance

Resumindo: ao contratar um consórcio, você passa a fazer parte de um grupo que possui um objetivo em comum, forma uma poupança coletiva, um auto-financiamento destinado à compra de um bem definido previamente. 

Juros e taxas

É provável que a característica mais marcante sobre quando falamos de consórcio, é o fato que não tem cobrança de juros. E não é difícil entender o motivo, afinal, o dinheiro das parcelas pagas pelos consorciados é usado para a aquisição de bens à vista.

Ao entrar em um financiamento as parcelas podem ser atrativas, mas não podemos jamais esquecer os prazos. A decisão no momento de escolha entre o consórcio e o financiamento deve levar em consideração não apenas o fato da parcela caber ou não no bolso. Mas sim a certeza que, em um consórcio, considerando o pior cenário (sem lance, sem adiantamento de parcelas, sem amortização com FGTS), você deverá quitar o imóvel em 15 anos.

Estando assim livre para conquistar outros objetivos. Já no financiamento, os prazos são superiores e costuma chegar ao dobro de tempo do consórcio. Mesmo com as parcelas decrescentes, você chega a pagar 200% de juros. E, é claro que quem paga juros conquista menos.

Mesmo considerando a tabela SAC (Sistema de Amortização Contínua) para financiamento de imóveis, por exemplo, onde as parcelas reduzem ao longo do prazo, os valores comparados com a taxa de administração são imbatíveis. Pois as taxas de juros cobradas na SAC são os mesmos de um financiamento comum. A única diferença aqui é que a maior parte dos juros é adiantada e cobradas antes. Como a sigla diz, a amortização é contínua, a diminuição das parcelas deve-se apenas aos juros que já foram cobrados antes

Sem pagar juros sobre o valor do crédito contratado, essa se torna uma ótima opção para quem quer fugir dos altos juros que são cobrados pelos financiamentos tradicionais! Os consorciados devem arcar somente com taxas que variam entre as administradoras administradoras, como:


  • taxa de administração: está relacionada a remuneração e aos custos da administradora com gestão do consórcio - O UP é o único consórcio que só cobra essa taxa após a contemplação;
  • seguro de vida: é o valor referente ao crédito escolhido. Imagine o valor do seu objetivo, dividido pelo prazo que escolheu pagar e livre de taxas, essa é a sua parcela no UP Consórcios, além do Seguro: de vida e de quebra de garantia - no UP Consórcios você decide se quer ou não incluir o seguro;
  • fundo de reserva: garante uma eventual inadimplência do grupo. Aqui no UP não cobramos fundo de reserva em nenhum momento do plano 
  • taxa de adesão: antecipação da taxa de administração cobrada nas primeiras parcelas do consórcio para cobrir custos de comissões. No UP Consórcios investimos em tecnologia para te oferecer o menor custo, por isso a taxa de adesão passa longe por aqui!


Ao colocar tudo no papel, o consórcio se mostra uma alternativa muito mais favorável, já que suas taxas causam um impacto muito menor nas parcelas mensais. Faça uma simulação de consórcio e confira!

Nível de burocracia

O consórcio se destaca como uma excelente alternativa quando a burocracia é colocada em jogo. Além dos juros altos a burocracia envolvida em um processo de financiamento é outro motivo pelo qual muitas pessoas fogem dos bancos. A adesão do consórcio é muito mais simples e suas exigências são menos rígidas.

A análise de crédito no consórcio é mais flexível, facilitando assim a vida de quem não tem como comprovar uma renda fixa - os trabalhadores autônomos são os melhores exemplos disso. Certos casos tornam possível aderir a um plano de consórcio mesmo com restrição de crédito. Porém, a situação precisará estar regularizada para o recebimento da carta de crédito, o que demanda um bom planejamento por parte do interessado.

Possibilidades de contemplação

Uma das possibilidades de ser contemplado em um consórcio é por meio dos sorteios. Realizados durante as assembleias mensais, esse processo proporciona chances iguais a todos os participantes que estejam com os pagamentos em dia. 

Outra alternativa, que possibilita antecipar a contemplação é ofertar um lance. Saiba que a quantidade de cotas contempladas via lance depende da administradora e da quantidade de participantes do grupo saldo disponível no grupo.

Conforme os meses passam, as chances de ser contemplado por lance e sorteio sempre aumentam., Isso ocorre porque os participantes que já receberam a carta de crédito não concorrem mais às contemplações. 

Grande parte dos financiamentos exige um valor de entrada e, para poupar este valor, precisamos de disciplina. Sendo assim, seja qual for a modalidade de crédito escolhida, consórcio ou financiamento, temos que organizar nosso orçamento e ter paciência. Para quem já guardou o suficiente para entrar em um financiamento de imediato, o consórcio é uma excelente opção, pois você pode ofertar um lance logo na primeira assembleia.

Não se esqueça que, ao ser contemplado e adquirir seu imóvel, você deve continuar pagando as parcelas do consórcio normalmente. Somado a isso, caso compre logo a casa que sempre quis ter, passa a ter novas despesas relativas ao imóvel. Dessa forma, um bom planejamento financeiro se torna indispensável!

UP Consórcios, consórcio digital para suas conquistas

O UP Consórcios é uma fintech da Embracon que ajuda as pessoas a atingirem seus objetivos com planejamento financeiro. Mais que moderno e digital, o UP é um consórcio transparente e o único consórcio sem nenhuma taxa até a contemplação. 

Outro diferencial do UP é a recompra garantida para a cota contemplada, com as parcelas pagas corrigidas pelo índice oficial da Poupança. 

Com o UP Consórcio você pode adquirir bens (carros e imóveis) e serviços (festas, viagens, cursos, reformas, estética, entre outros), com planos de 20 a 180 parcelas. A fintech é administrada pela Embracon, que é fiscalizada e regulamentada pelo Banco Central. 

No UP Consórcios você encontra as menores parcelas do mercado. Simule, compare e compre. E o melhor: sem juros, sem taxas de adesão, fundo reserva e administrativa até a contemplação.

Aproveite essas dicas e faça escolher assertivas! Boa sorte! Até mais!

Últimas Postagens

Destinos para viajar após a pandemia no Brasil

Apesar de não termos previsão de quando tudo vai voltar a normalidade, planejamento é tudo. Saiba alguns destinos para viajar após a pandemia no Brasil!

Consórcio ou Minha Casa Minha Vida: qual a melhor modalidade para comprar um imóvel

Consórcio ou Minha Casa Minha Vida: Acompanhe a leitura deste artigo, confira as principais vantagens e desvantagens entre elas e escolha a melhor opção!

Planejamento Financeiro: descubra como montar o seu

Você já tentou fazer um planejamento financeiro? Certamente já tenha tentado algumas vezes, mas acabou deixando de lado. Acesse e saiba como fazer o seu!

Transferência de consórcio: Entenda como funciona

Pode ocorrer que em algum momento, alguém queira ou precise transferir o consórcio para outra pessoa. Saiba como funciona a Transferência de Consórcio!

Como a nova nota de R$200 impacta a economia

No dia 29, foi anunciado pelo Banco Central (BC) o lançamento de uma nova cédula. Acesse e saiba como a nova nota de R$200 impacta a economia!

Dicas de como comemorar o Dia dos pais na Pandemia

Uma data especial não deve passar em branco, mesmo em contexto pandêmico. Acesse nossa postagem e veja dicas de como comemorar o Dia dos Pais na Pandemia!
Próximo
1 / 42
Spotify - UP Consórcios